Projeto Jogos de Educação Financeira conquista escolas em Santiago, no Chile e avança proposta para expansão em outros países da América Latina

O projeto social com os jogos educativos Piquenique e Bons Negócios, iniciado em escolas públicas no interior do Ceará, possui uma versão em espanhol, que já atende mais de 5 mil alunos em Santiago, no Chile!

Entre os dias 12 e 16 de agosto, os diretores do Instituto Brasil Solidário, Luis Salvatore e Danielle Haydée, que coordenam o Projeto Jogos de Educação Financeira no Brasil, estiveram numa programação intensa de visita as escolas que já implementaram o material com os jogos educativos no Chile. O momento permitiu acompanhar o trabalho realizado pelos educadores da região ao lado da Junior Achievement Chile (JA Chile), e estreitar um diálogo com os profissionais da educação sobre as vivências e boas práticas fomentadas a partir do projeto.

“O diálogo com os educadores foi muito enriquecedor para o projeto, estivemos no início da semana, nas escolas Nueva Zelandia, Luis Galdame, Cornelia Olivares e o Colegio Juan Pablo II, fortalecendo a proposta de permitir o protagonismo dos alunos no processo de construção do conhecimento, e vimos um trabalho muito parecido com as ações que fomentamos no Brasil, o que nos permite acreditar que podemos ir ainda mais longe, com a possibilidade de expandirmos essas ações para outros países da América Latina”, ressalta, Luis Salvatore.

Para as ações no Chile, o material foi adaptado para o espanhol, e personalizado de acordo com a cultura e especificações locais, como frutas típicas da região, para o jogo “Piquenique” e mudanças nos termos de mercado e economia para as cartas desafio dos jogos “Bons Negócios”.

O novo formato para a língua espanhola, abre um leque de oportunidades para um estudo de ampliação do projeto em outros países da América Latina, iniciado ainda em 2018 durante uma semana em campo com visitantes do país à sede do Instituto no Ceará.

Na ocasião, foi apresentado todo o trabalho pedagógico e o treinamento promovido com os educadores que receberam o material do projeto, direcionando as muitas possibilidades que poderiam ser replicadas seguindo o mesmo modelo e desempenho de atuação no Brasil e implementado pelo Instituto Brasil Solidário.

No Brasil, a proposta também representou grandes saltos de atuação, avançando este ano, para uma importante etapa de expansão nacional, com o objetivo de percorrer 28 municípios, tendo como meta alcançar 160 mil alunos até o final de 2019.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *