Alunos de Cabaceiras/PB participam de formação dos Jogos de Educação Financeira para serem monitores na escola

A proposta dos Jogos de Educação Financeira nas escolas parceiras, tem contado com muito apoio e participação dos alunos, que vem ajudando de forma efetiva e até participando de formações para serem monitores das turmas em sua escola. No dia 16 de março, a Escola Abdias Aires de Queiroz, reservou um momento importante de diálogo com os alunos, contando com representação de todas as turmas da escola para seguirem esse modelo de formação de monitores junto as atividades realizadas em sala de aula.

Na ocasião, a educadora Rosilene Nunes, que está como Coordenadora da Educação Empreendedora em Cabaceiras, e é uma das multiplicadoras das atividades do projeto, promoveu uma palestra apresentando todo o material dos jogos educativos, incluindo dicas e orientações para o desenvolvimento das aulas com o material que pode ser trabalhado de forma interdisciplinar.

“A direção da escola, os professores e alunos ficaram impressionados com a dimensão dos jogos, tanto como componente curricular, quanto as habilidades, a intersetorialidade das atividades, foi muito interessante esse momento com participação dos alunos também, nós conseguimos visivelmente detectar as várias habilidades que podem ser trabalhadas com os jogos, a questão da leitura e da escrita, das operações matemáticas, do consumo consciente, dos hábitos alimentares não saudáveis, foi um momento bem prazeroso, inclusive, os alunos estavam tão empolgados que nem saíram para o intervalo, ficaram direto em sala de aula durante a formação”, ressaltou Rosilene.

Reforçando a proposta de uma atividade conjunta de mudança de hábitos e reflexão sobre o planejamento financeiro, durante a palestra foi sugerido aos educadores que cada um elaborasse também uma planilha para ir acompanhando seus gastos mensais para todos participarem dessa mobilização pela educação financeira. A escola propôs aproveitar o material de forma integrada ao currículo escolar, com aulas dinâmicas em várias disciplinas e também no momento dos intervalos para os alunos interagirem com as outras turmas.

“Estamos planejando a inserção dessa proposta no currículo municipal, essas habilidades com os jogos de educação financeira, já incluindo na proposta pedagógica também e ficou já acertado para fazermos um campeonato municipal, provavelmente uma edição no meio do ano e outra no final do ano para termos um parâmetro de como estão os resultados nas escolas”, ressaltou Rosilene.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *