Projeto Jogos de Educação Financeira avança proposta de atuação para escolas do Ensino Médio e profissionalizante no Ceará

A proposta com os Jogos “Piquenique” e “Bons Negócios”, que já se tornou referência em educação financeira em mais de 20 municípios do Brasil, além de escolas em Santiago no Chile, escolheu novamente o Ceará para ser pioneiro numa nova etapa de expansão do Projeto, que agora chega para educadores e alunos do Ensino Médio e técnico profissionalizante, com entrega de todo o material de forma gratuita nas escolas da rede pública de ensino.

O lançamento aconteceu no último dia 26 de agosto, em grande evento no Hotel Gran Mareiro, que a partir de uma parceria com a Secretaria de Educação do Estado do Ceará – SEDUC, abriu as atividades com participação de educadores de 14 escolas estaduais do município de Juazeiro do Norte/CE. Na ocasião, além do treinamento prático com os jogos educativos, a programação levou palestras com dicas de planejamento e organização financeira, incluindo apresentações sobre as boas práticas já fomentadas através do projeto em todo o Brasil, contando ainda com a participação de Lucy Engel, SVP Global Cybersecurity do Bank of America Merrill Lynch.

Somente nesse semestre, a proposta conseguirá alcançar mais de 10 mil alunos de escolas estaduais no Ceará, já com planejamento para atividades nos municípios de Eusébio e Aquiraz, além de Juazeiro do Norte.

Segundo o Presidente do Instituto Brasil Solidário, Luis Salvatore, as respostas tem sido cada vez mais positivas sobre o potencial dos jogos educativos como material pedagógico, e já ultrapassando as fronteiras nacionais, com aceitação em escolas de outros países.

“Foi no Ceará que começamos as primeiras ações do projeto, e desde o início, percebemos a motivação dos educadores em participar de iniciativas que promovam o protagonismo dos alunos, que tragam atividades dinâmicas e participativas, principalmente se tratando de um tema complexo como a educação financeira. O resultado surpreendeu nas escolas aqui do Ceará e refletiu em todo o Brasil e até fora do país. As ações fomentadas em solo cearense se tornaram modelo e referência para escolas públicas em Santiago, no Chile, e com respostas muito positivas”, ressalta Luis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *